Todas as partes da celebração comentadas em detalhe. Preces para dar graças e para pedir a luz divina. Exemplos de vida cristã. Pérolas da sabedoria do Rei Salomão. Artigos e comentários atuais. Calcula as festas e datas móveis para qualquer dia e ano. Definição de termos usados no site.
A Missa diária para seu conforto espiritual.
 RITOS INICIAIS
  Antífona da Entrada
Saudação

Ato Penitencial
Senhor
Glória
Oração do Dia
 
LITURGIA DA PALAVRA
 

Primeira Leitura
Salmo Reponsorial

Segunda Leitura
Aclamação ao Evangelho
   Evangelho

Homilia
Profissão de Fé
Oração Universal

 
LITURGIA EUCARÍSTICA
 

Preparação das Oferendas
Oração sobre as Oferendas

Oração Eucarística
   Prefácio
   Santo
   Oração Eucarística
Rito da Comunhão
   Pai Nosso
   Abraço da Paz

   Fração do Pão
   Agnus Dei
   Comunhão

 
RITOS FINAIS
  Benção Final
Despedida
 GLOSSÁRIO
Despedida
Despedida
Deus
Evangelho
Homilia
Igreja
Liturgia
Missa
Ritos
Salmo
Santo
Os ritos finais encerram a assembléia mas não
encerram o envolvimento espiritual dos fiéis com a
sua Igreja. Abençoados por Deus, eles partem com a
missão de viver a fé cristã na prática diária.

Missa se encerra com a Bênção Final, um Canto Final e a exortação da Despedida.

Todos de pé, o celebrante ergue a mão e marca os fiéis com o sinal da cruz pedindo para eles a bênção do Pai, do Filho e do Espírito Santo – e a comunidade expressa sua alegria cantando uma vez mais.

Por fim, a assembléia é despedida.

Nas missas celebradas em latim, o celebrante diz “Ite missa est”, o que significa algo como “Essa é a missão (a ser cumprida)”. Nas missas em português, o celebrante conclui dizendo “Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe”, com o mesmo sentido de liberar a assembléia para cumprir a missão que recebeu de levar aos povos a palavra de Deus.

 

Os convidados à casa do Senhor saem de coração leve. Não vêem sua presença na Missa como o cumprimento de um dever - sentem-se felizes e distinguidos porque Deus lhes permitiu participar da Sua refeição.

A Missa oferece um enriquecimento do espírito cristão que os fiéis devem continuar vivendo em casa, no trabalho, no lazer.

Os fiéis levam para o seio de suas famílias a vivência da Missa e contribuem para a Missa celebrando a família, que é o alicerce da sua Igreja.